Ajude o PAU a crescer. Divulgue no TT!

quarta-feira, 16 de março de 2011

AMAR

Amar, Amar, Amar....
Amar de dia
Amar de noite
Amar nas madrugadas frias
Em versos avessos, amar
Amar tua boca ávida
Amar tua nua pele
Ardida, 
Quente,
Carente,
Repleta de vida.



Amar o amor de um menino
Amar o amor de uma mulher
Amar a saudade que passa
Amar-se bem perto do mar
Com as ondas, em carícias

Em nós




Nos lençóis, a se amar
Calientes corpos felizes, estão. 
Amar é bom. Bom é se amar
Amar-se na rede 
Amar-se no tapete 
Amar-se no chão.

4 comentários:

  1. Sil, querida!!

    A cada vez que leio versos seus, tais como esses, me lembro de você falando que não sabe "poemar"... E penso: "Tsc tsc tsc, imagina se soubesse!"

    Você é fantástica na composição e nas palavras...

    E amar? Amar é TUDO na vida!!

    Beijos, linda! Parabéns!! Feliz de vê-la sempre aqui com a gente!

    ResponderExcluir
  2. Nuss! Arrupiou!! Sil cada vez se superando!!!

    Amar é bom a qualquer hora,
    em qualquer lugar.

    Demais, Silzita!!

    Xêro duplo!!

    ResponderExcluir
  3. Ai ai..

    Isto aqui tá que é só amor... Mas, amor caliente...

    Reforço o que disse The Well: "amor é bom em qualquer lugar... "

    Beijocas-estigadas rs

    ResponderExcluir

Comentacomentacomentacomenta!